A aventura em busca de um imóvel.

Iniciei no sábado, dia 30 de junho a aventura em busca da nova sede do nosso escritório.

Em menos de uma semana, foram 20 imóveis visitados, muitos quilômetros rodados e diversas promessas de corretores. Estes profissionais seguem um padrão, todos se denominam “do ramo”, conhecem o bairro como ninguém e possuem as melhores oportunidades em suas mãos.

O mundo que se globaliza, as pessoas estão cada vez mais multifuncionais e se atualizando com mais freqüência enquanto, estes profissionais permanecem os mesmos de anos atrás. Os métodos não evoluem, as soluções apresentadas não mudam, enfim ninguém se diferencia e nós sofremos.

Sofremos por diversos motivos, enquanto nossos clientes exigem excelência em seus trabalhos, estamos sujeitos a perder preciosas horas pela incompetência de alguns profissionais, que não separam imóveis no perfil solicitado, tentam “empurrar” imóveis mais caros com o argumento de que “R$ 1.000,00 não é nada para uma casa tão boa” e ainda te usam como motorista.

Depois de desfrutar de algumas horas na companhia destas pessoas aprendi qual é a gasolina do mau corretor, a palavra “comissão”, o método consiste em dizer que a independentemente da negociação que for executada você se preocupa em preservar a comissão do intermediário pelo trabalho árduo de assessoria que ele está te prestando.

Ainda aguardo solução e continuo minha busca do imóvel ideal, mesmo ainda inconformado por fazer um papel duplo, onde eu me esforço e o corretor recebe carona, indicação de prováveis imóveis e comissão.

9 Responses to A aventura em busca de um imóvel.

  1. Carlos Roberto Cardoso Fagundes disse:

    E aí, como vai, tudo bem?

    Meu, concordo em gênero, número e grau com suas observações. Existe o padrão a que vc se refere, com certeza. Estou vivenciando essa experiência no momento.

    Ô pessoalzinho difícil de lidar… e a palavrinha mágica é mesmo COMISSÃO!!

    Abraços,
    Carlão – ACM Norte

  2. Lamartine Gomes creci 9201 disse:

    Existem muitos imovéis para vender, mais para fazer uma boa compra, o comprador tem que saber o quanto ele quer investir. Depois procurar os bairros compativéis com seu valor de investimento.
    Não adianta procurar em bairros mais caros do que o valor disponível, como o sr diz todos os proprietários estão super globalizados, não tem mais vendedor desinformado no mercado.(BOBO)
    OBS: Se os corretores (com creci) são tão incompetentes porque o senhor não procurou sozinho? Será que não foi o sr que passou dados errados?
    Eu sou um profissional com mais de 25 anos, tenho varios colegas com muitos anos de profissão, nunca com desrespeito qualquer cliente tenha ele 1 real ou um milhão, mais o cliente tem que saber o que quer, quanto a comissão qualquer tipo de profissional tem seu preço ele não é voluntário. LAMARTINEIMOVEIS (SANTOS)

  3. Sr. Lamartine, antes de você escrever seu comentário eu já havia agido da maneira que aconselhou e procurado sozinho um imóvel. Posso dizer que estou muito satisfeito, achei um imóvel na configuração exata que passei aos corretores e na mesma região.
    De qualquer forma muito obrigado pelo seu comentário, o debate respeitoso e democrático é sempre bem vindo.

  4. Francisco Souza disse:

    Meu caro Luis Gustavo, acho que o Sr. foi um tanto quanto arbitrário no seu texto. Até na sua área existem bons e maus profissionais. O Sr. teve a infelicidade de contactar uma pessoa menos qualificada. Vender, Sr. Luís, exige qualidades que nunca se aprende em uma faculdade. É algo nato. Deus dá a cada um dons para que sejam aplicados para o seu bem estar e o bem estar da humanidade. Devemos ser mais humildes diante dos menos favorecidos. O fato de sermos excelentes profissionais, graduados, pós-graduados até, atualizados, globalizados, nao nos dá o direito de denegrirmos a imagem de uma classe de profissionais, de uma profissao, tenha ela status ou nao.
    Francisco Souza – Analista de Sistemas.

  5. Ademir disse:

    É Demais não é ??

    Beijos

    Fatima

  6. Marcelo Hernandez disse:

    Prezados,

    Também estou procurando um imovel para mudar a sede da empresa e não consigo retorno de diversos corretores.

    Um outro problema CRONICO é que vc passa ve um imovel, tem uma placa, vc liga e a pessoa que atende não tem as informações basicas do imovel, sempre diz que o corretor vai te ligar, nunca ligam, então eu sempre pergunto, preciso apenas das informações basicas, tamanho, valores, estado basico, etc., para ver se me atende e então o tal corretor poderá meligar.

    Infelizmente isso nunca é possivel.

    se alguem competente está lendo e deseja se oferecer para trabalhar na procura, eu agradeço.

  7. wilton disse:

    Há cerca de três anos; por meses; com diferentes imobiliárias e corretores passei exatamente pelo que está descrito nos textos.
    Expus claramente que procurava um imóvel com preço final de 550 mil reais, pois esse era todo o dinheiro que possuía. Sempre falei que não haveria a possibilidade de financiar nada. Que a minha proposta de compra era a vista e fim.
    Não é que sempre, repito sempre; os corretores começavam a me mostrar um imóvel que estava custando no mínimo 700 mil. Por mais que eu informasse que minha família só queria quatro quartos e garagem para três carros visitei no mínimo 20 casas com mais de cinco quartos e garagem para seis carros, todas é claro com valores muito acima daquele que eu possuía.
    Que me perdoem os bons, mas corretores não gozam de boa fama mesmo.

  8. Dr.Rob disse:

    Não sabe que o corretor é o profissional que depende muito do mercado do financiamento e da estabilidade do governo. Tem corretores que ficam l ano sem vender e gastando seu proprio dinheiro. Outra coisa o trabalho de alto padrão o corretor leva o cliente em seu próprio veículo e não cobra nada. Precesa mais conhecer as imobiliárias e principalmente os corretores.

  9. Eduardo Lamartine disse:

    Srs boa tarde.
    Estava eu navegando na internet, quando me deparei com esta pagina, ela veio bem a calhar com o setimento, e vontade que os corretores tem de falar aos clientes.
    Trabalhocomo corretor a alguns anos, não muitos, porém percebo que, como em todos os ramos, existem sim os maus prfissionais.
    Quando escolhi trabalhar como corretor, me legalizar junt ao creci, decidi também dar o melhor de mim, pois se não fosse asim,nem começaria.
    o que percebo em alguns corretores, é uma certa indignação, quando um cliente marca hora para conhecer um determinado imóvel e não aparece e nem liga avisando, ou pior, volta depois de ter feito suas contas, e compra com o primeiro que aparece, jogando assim, o trabalhodo outro no lixo.
    existem sim ótimos clientes, com educação e respeito, que mesmo não comprando são tratados com muito profissionalismo e da melhor maneira possivel.
    aconselho o Sr. a procurar corretores com conhecimento real de mecado de maneira que possa lhe oferecer o que o sr deseja, e não simplesmente “vendedores”, que aproveitam o “boom” imoiliário para ganhar dinheiro e amanhã abandonam.
    Acredito Sr Luiz que o Sr não deva generalizar, poi se trata de uma profissão digna e que existem pessoas empenhadas em mudar essa imagem negativa do passado.

    certo de sua compreensão.

    Eu sou Eduardo Lamartine, corretor de uma imobiliária muito bem conceituada nacionalmente e trabalho no escritório de campinas.
    se quiser me contate por email.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: