20 de novembro, dia da Consciência Negra. Feriado em diversos municípios brasileiros.

igualdade_racial.jpg

Da Agência Brasil

Brasília – O Dia da Consciência Negra, 20 de novembro, será feriado em 225, de um total de 5.561 municípios do país, segundo levantamento da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial. A data, que será celebrada em centenas de eventos pelo país, lembra o dia em que foi assassinado, em 1695, o líder Zumbi, do Quilombo dos Palmares, um dos principais símbolos da resistência negra à escravidão. Texto publicado na página da Seppir, órgão ligado à Presidência da República, explica essa história. Em 1971, ativistas do Grupo Palmares, do Rio Grande do Sul, chegaram à conclusão de que 20 de novembro tinha sido a data de execução de Zumbi e estabeleceram-na como Dia da Consciência Negra. Sete anos depois, o Movimento Negro Unificado incorporou a data como celebração nacional. Em 2003, a lei 10.639, sancionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, estabeleceu a data como parte do calendário escolar brasileiro.“Herdamos os propósitos de Luiza Mahin, Ganga Zumba e legiões de homens e mulheres negras que se rebelaram a um sistema de opressão. Lançaram mão de suas vidas a se conformarem com a prisão física e de pensamento”, diz o texto, assinado pela ministra da Seppir, Matilde Ribeiro. Luiza Mahin foi mãe do jornalista e advogado negro Luís Gama, um dos líderes do movimento abolicionista, no século 19. Ganga Zumba foi outro líder de Palmares.“Orgulhosamente, exaltamos nossa origem africana e referendamos a unidade de luta pela liberdade de informação, manifestação religiosa e cultural. Buscamos maior participação e cidadania para os afro-brasileiros e nos associamos a outros grupos para dizer não ao racismo, à discriminação e ao preconceito racial”, continua a ministra, no texto.

“Que este 20 de Novembro, assim como todos os outros, seja de muita festividade, alegria e renove nossas energias para continuarmos nossa trajetória para conquista de direitos e igualdade de oportunidades. Estejamos todos, homens e mulheres negras, irmanados nesta caminhada pela liberdade e pela consciência da riqueza da diversidade racial!”, conclui ela.

O 20 de novembro foi instituído como data de referência para o movimento em contraposição ao 13 de maio, quando foi decretada a abolição da escravatura, a chamada Lei Áurea, pela princesa Isabel, em 1888. O 13 de maio expressa, então, a celebração da generosidade de uma branca em relação aos negros, em vez de enfatizar a própria luta dos negros por sua libertação.

O Dia da Consciência Negra é marcado por manifestações, passeatas e seminários em várias cidades brasileiras. Segundo o site da Seppir, o estado onde mais cidades decretaram a data feriado é o Rio de Janeiro, com 92 municípios.

6 Responses to 20 de novembro, dia da Consciência Negra. Feriado em diversos municípios brasileiros.

  1. Oilda Rejane disse:

    20 de novembro…

    É uma data de reflexão e planejamento. Reflexão sobre as conquistas, as lutas em prol de uma sociedade onde a eqüidade racial saia apenas do papel e enraize nos pensamentos e ações dos indivíduos. E também de planejamento para as estratégias e táticas que nortearão tudo o que podemos e iremos conquistar.

    A luta é árdua e muitas vezes acabamos percebemos soldados desmotivados no meio do caminho pela dificuldade de conquistar direitos que já deveriam ter sido adquiridos na prática. Mas essa bravura do povo negro e a vibração do nosso corpo quando escutamos os tambores anunciando que somos capazes nos dão mais força, mais energia para não desistir e buscar/conscientizar mais operários para essa causa.

    Nos cerquemos e munamos de informações, sejamos o povo do conhecimento em busca dos seus direitos. Não deixemos que usurpem o que é nosso, nem que nos humilhem nos cedendo apenas as posições de executores. Somos também planejadores, gestores, mentores!!!!
    Somos negros e somos fortes, queremos o PODER e o DIREITO!

    Oilda Rejane
    Comunicóloga/Mercadóloga

  2. […] as comemorações referentes ao dia da consciência negra cessarem para poder escrever este artigo, não queria de forma alguma parecer oportunista ou pegar […]

  3. Luiza disse:

    “O 13 de maio expressa, então, a celebração da generosidade de uma branca em relação aos negros.”

    Acho que alguém aí precisa ter umas aulinhas de história né…

  4. joab disse:

    e boum aconsiencia negra q ela lembra do dia da consiência negra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: