Sono ruim pode favorecer diabete, informa pesquisa

Uma pesquisa conduzida por cientistas americanos indica que interrupções no sono podem atrapalhar a capacidade do corpo de regular os níveis de glicose no sangue, elevando potencialmente o risco de se desenvolver a diabete do tipo 2. Outros estudos já haviam indicado que a insônia tem efeito similar. A nova pesquisa mostra que a qualidade do sono também aumenta o risco da diabete. Os resultados foram publicados nesta semana na edição online da revista científica Proceedings of the National Academy of Sciences.

Milhões de pessoas sofrem com a doença no mundo, especialmente aquelas com mais de 40 anos. Ela ocorre quando o organismo torna-se resistente à insulina ou não produz o hormônio em quantidade suficiente para regular a glicose na corrente sanguínea. No teste com voluntários, uma equipe liderada por Esra Tasali, do Centro Médico da Universidade de Chicago, descobriu que a interrupção dos períodos mais profundos do sono tem rapidamente impacto negativo: os níveis de glicose não foram corretamente regulados.

Os cientistas analisaram os padrões de sono de nove voluntários saudáveis, cinco homens e quatro mulheres. Todos estavam com o peso normal e tinham entre 20 e 31 anos. O sono é dividido em diversos estágios – o das ondas lentas é o mais profundo. Sempre que os voluntários entravam nesse ponto, os pesquisadores faziam algum barulho suficientemente alto para atrapalhar o sono, mas que não chegava a acordá-los. Em apenas três dias, a habilidade do corpo de regular o açúcar caiu 25%.

“Nesse experimento, provocamos o sono de pessoas com 60 anos em jovens com 20 a 30 anos”, explica Tasala. “Essa queda no estágio de ondas lentas imita as mudanças nos padrões de sono observadas em pessoas a partir dos 40 anos.” A redução da quantidade de minutos de sono profundo é uma característica do envelhecimento e de desordens normalmente ligadas à obesidade, como a apnéia obstrutiva. Em jovens, tal estágio dura de 80 a 100 minutos; em pessoas com 60 anos, ele toma menos de 20 minutos. “Os resultados sugerem que estratégias para melhorar a qualidade do sono, assim como a quantidade, podem ajudar a prevenir ou adiar o surgimento da diabete do tipo 2 nos grupos de risco”, afirmou a cientista Eve Van Cauter, co-autora do estudo

Artigo retirado do portal A TARDE On Line

5 Responses to Sono ruim pode favorecer diabete, informa pesquisa

  1. Odette disse:

    Muito bom o artigo! Todos sabemos que “dormir mal” traz inúmeros prejuízos à saúde, mas o artigo focaliza, de forma didática, os resultados da pesquisa sobre as perturbações do sono como causa de diabetes tipo 2.

    Parabéns pela informação de qualidade disponibilizada aos leitores do blog.

    Abraços.

  2. quem tem apneia como eu com 124 micro dispertares po hora e interupcao de 50 segundos corre este risco com certeza qual a gravidadde disto/

  3. quem tem apneia de 50 segundo e pior?

  4. Adão disse:

    Bom dia, muito boa a informação que recebi, pis com 53 anos faço exame de sanue regularmente(6Meses) e nunca tive glicose elevada, desta vez quando soube do resultado estou com 290 de glicose , sem motivo aparente, tirando o Stress, não conseguia relacionara a alimentação, pois não como doce, não sou chocolatra e o açucar não me faz falta, nem no café.
    Lendo a reportagem verifiquei que me encaixo no perfil, pois tenho o sono truncado levanto como se não tivesse dormido, lembro do que pensei a noite inteira e o que é pior tenho uma indisposição e as vezes (eheheh) mal humorado.
    Existe algo que eu possa fazer sem auxilio médico??
    Obrigado pela atenção e pelo exclarecimento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: