Prostituição condenada. São Paulo quer acabar com putaria até na web!

0807939.jpg

A ex-prostituta e cafetina Andréia Schwartz, 33, não é a única brasileira afetada pelo escândalo sexual que derrubou o governador de Nova York, Eliot Spitzer, na última semana. Dezenas de sites de prostituição de São Paulo estão na mira do Deic (Departamento de Investigações Sobre o Crime Organizado).

“Já estamos agitando esse submundo há um tempo, mas esse caso [o escândalo em Nova York] vem ao encontro com que estamos trabalhando”, diz o delegado assistente José Mariano de Araújo Filho, da Delegacia de Meios Eletrônicos da Divisão de Investigação do Deic. De acordo com ele, agora os donos de sites de prostituição no Brasil estão “mais alertas”.

“Isso pode fazer com que a gente tenha um pouco mais de dificuldade, mas só acarreta que nossas investigações devem ser mais minuciosas, intensivas”, afirma.

Um homem ligado a este tipo de serviço na internet foi indiciado por rufianismo (exploração da prostituição alheia) quatro dias antes do estouro do escândalo nos EUA. Trata-se do primeiro indiciamento desde o início das investigações, há cerca de sete meses.

Carlos Yoshida Nakamura, relacionado ao site http://www.vip69.net, foi o primeiro indiciado. O endereço continuava no ar até a publicação desta reportagem, que não conseguiu entrar em contato com Nakamura.

A página funciona de forma semelhante à nova-iorquina Emperor’s Club Vip, com exceção do valor dos programas. O preço do sexo no site brasileiro é bem menor –lá, a negociação corre na casa dos quatro dígitos.

O exemplar nacional mostra fotos de garotas nuas. O internauta deve ligar para uma atendente, que anota seu endereço e a acompanhante escolhida. As garotas prestam o serviço em domicílio. O site produz ranking das “mais solicitadas do mês”.

“Ainda não foram solicitados mandados de busca e apreensão por estarmos investigando pessoas e locais. Uma diligência desta natureza poderia precipitar as coisas e estragar a investigação”, afirma Araújo Filho.

Mapa do sexo

“Como aquele de Nova York era de agenciamento, agora eles estão intimando aqui no Brasil dono de tudo o que é site de classificado de sexo, pornografia e prostituição. Ao todo, são uns 90 [intimados]”, contou à Folha Online o responsável por um endereço eletrônico de garotas de programas da capital paulista. Ele não quis se identificar, mas diz ser um dos investigados. A Polícia Civil não confirma, tampouco nega intimações de 90 pessoas.

Araújo Filho, do Deic, explica que o primeiro passo para poder indiciar os donos do site é “separar o joio do trigo”.

“Existem aqueles cujo objetivo é promover encontros para pessoas tímidas, por exemplo. Mas há outros que promovem encontros de natureza sexual. Aparece lá se você quer sexo anal, oral, as medidas da garota. É totalmente favorecimento à prostituição.”

Depois da classificação, vem a parte mais difícil. “É uma investigação que precisa ter prova da habitualidade. Como é que eu vou provar que o responsável pelo site faz disso uma prática habitual? Que ele se sustenta com isso?”

À reportagem, ele prefere manter sob sigilo a resposta das próprias perguntas. Apenas diz que, entre as técnicas de localização de suspeitos, há desde rastreamento de IP (número de identificação de rede) até encontros com garotas.

Fonte: Folha Online


Veja mais:
Cafetina brasileira cagueta e governador de NY pede pra sair
Se continuar assim São Paulo vai parar
Lindsay Lohan, princesinha americana nua e de graça
Guerra na América do Sul? Como ficaria o Brasil?
Vantagens In Blog:
TV LCD 19 de R$ 899,00 por R$ 809,10 para os leitores do In Blog
Ventilador de Teto Latina Silenzio 10% off! Apenas para leitores do In Blog.
Desconto Exclusivo In Blog! Lançamento Clube do Lar Purificador Latina Purifive 10% off!
Agora você tem desconto no mais bacana restaurante japonês de São Paulo

2 Responses to Prostituição condenada. São Paulo quer acabar com putaria até na web!

  1. Vicente Toledo disse:

    Na minha opinião a prostituição no BRASIL está um verdadeiro colapso acho que apenas o deic não conseguirá apurar todos os envolvidos em prostituição na web vai precisar também da ajuda da policia federal com amplas investigações precisariamos acabar também com:prostituiçaõ de menores,tráfico de prostitutas para o mundo inteiro,há muito o que ser feito na minha opinião para se acabar com tudo isto para tornar-mos um país civilizado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: