Cafetina chega com apoio da PF e agora diz que vai falar a verdade. Você acredita?

014218700-ex00.jpg

Andreia Schwartz testemunhou sobre envolvimento de Eliot Spitzer com prostitutas.
Ela desembarcou no aeroporto de Cumbica na manhã deste sábado (22).

A cafetina brasileira Andreia Schwartz, que chegou ao Brasil neste sábado (22), disse no aeroporto de Cumbica, na Grande São Paulo, que pretende “esclarecer toda a verdade”. Em rápida declaração, ela afirmou que dará uma entrevista nos próximos dias.

“Vou esclarecer toda a verdade. Vou mostrar. Vou provar. Eu amo todos vocês”, disse ela, ao embarcar no início da tarde para o Rio de Janeiro, de onde ainda neste sábado vai para Vitória.

Segundo o delegado-chefe da Polícia Federal em Cumbica, Marco Antônio Lino, ao desembarcar em São Paulo nesta manhã, Andreia preencheu a ficha de deportação – trâmite obrigatório aos brasileiros deportados – e deixou o aeroporto por um terminal doméstico, despistando a imprensa que a aguardava na área do desembarque internacional.

A saída de Andreia por um terminal doméstico foi um pedido da própria brasileira e, segundo a PF, foi concedido para evitar confusão devido ao grande número de jornalistas no aeroporto.

No mesmo vôo de Andreia, estava o ex-jogador de futebol Pelé que desembarcou em São Paulo. A saída de Pelé pelo desembarque internacional do terminal dois de Cumbica provocou tumulto entre os repórteres.

Dois homens que disseram ser seus amigos aguardavam a chegada da brasileira em Cumbica. Eles afirmaram estar no aeroporto a pedido da mãe de Andreia, que mora no Espírito Santo. Horas depois, por volta das 13h30, Andreia reapereceu no aeroporto, onde embarcou para o Rio de Janeiro.

Testemunha

Por cerca de um mês, ela permaneceu em um presídio onde ficam estrangeiros que aguardam a deportação. Nos Estados Unidos, ela cumpriu a pena de um ano e meio de prisão por tráfico de drogas e por comandar uma rede de prostituição.

Andréia seria uma informante do FBI na investigação que levou à queda do ex-governador de Nova York, acusado de usar regularmente serviços de prostitutas.

A deportação da brasileira estava prevista para acontecer na semana passada, mas foi adiada. Na ocasião, o departamento de imigração dos EUA informou que o adiamento é um procedimento normal e confirmou que promotores interrogaram Andreia no dia 14 de março.

Cafetina teve apoio da Infraero e da PF na chegada ao Brasil

A chegada da brasileira Andreia Schwartz, que teria colaborado para a renúncia do ex-governador de Nova York Eliot Spitzer, foi marcada por uma série de ações para facilitar seu desembarque e despistar a imprensa. Na chegada ao Aeroporto de Vitória neste sábado (22), um carro da Infraero a aguardava na pista para sua retirada antes dos outros passageiros. Andreia não precisou passar pela área de desembarque e foi levada pela Infraero até um carro que a aguardava na lateral do aeroporto.

Segundo a assessoria da Infraero em Vitória, o órgão entendeu que era procedente tomar a atitude de desembarcar a passageira na pista, evitando a área específica, para evitar possíveis danos à integridade física não só dela como dos outros passageiros. Como os veículos da Infraero são os únicos autorizados a entrar no pátio, Andreia foi recebida por ele, levada até uma área remota do aeroporto, onde outros carros são autorizados, e então foi embora.

De acordo com a Infraero, procedimento especial para o desembarque de Andreia é algo que pode ser pedido por qualquer passageiro. Cada caso é analisado pelo responsável no aeroporto e atendido se houver o entendimento de que há necessidade. Segundo o órgão, houve uma solicitação por parte de amigos de Andreia, quando o vôo já estava no ar.

Além do carro que a aguardava na pista, os passageiros que estavam no vôo 1656 da Gol contaram que Andreia foi a primeira a sair da aeronave. Segundo a assessoria da companhia aérea, a tripulação foi informada de que havia o carro esperando por ela, o que caracteriza desembarque prioritário. Nessas ocasiões, o procedimento é desembarcar o passageiro ou antes ou depois da saída de todos os outros ocupantes – a decisão é do comandante. No caso de Andreia, ele optou por desembarcá-la primeiro.

CHEGADA

Andreia chegou dos EUA em um vôo que pousou em Cumbica por volta das 8h35. Segundo o delegado-chefe da Polícia Federal em Cumbica, Marco Antônio Lino, ao desembarcar em São Paulo, ela preencheu a ficha de deportação – trâmite obrigatório aos brasileiros deportados – e deixou o aeroporto por um terminal doméstico, despistando a imprensa que a aguardava na área do desembarque internacional.

A saída de Andreia por um terminal doméstico foi um pedido da própria brasileira e, segundo a PF, foi concedido para evitar confusão devido ao grande número de jornalistas no aeroporto.

Ela deveria seguir para Vitória em um vôo com escala no Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, às 14h30. Entretanto, não embarcou e continuou em São Paulo até por volta das 21h, quando foi direto para Vitória.

Depois do pouso da aeronave e do desembarque dos passageiros em Vitória, um carro saiu com pressa de uma das laterais do aeroporto e foi seguido por equipes de jornalistas. O grupo achava que Andreia estaria no veículo em alta velocidade.

O carro seguiu por diversos bairros da cidade e de Vila Velha, na Grande Vitória. Após meia hora, o veículo parou em um posto de gasolina, mas Andreia não estava dentro. Eram amigos dela, que disseram não saber seu paradeiro.

Mais cedo, pouco antes da chegada da aeronave que trouxe a brasileira, seus pais saíram da casa da família sem dizer para onde iam. Eles não apareceram no desembarque. Na tarde deste domingo, Adriano Lemke, padrasto de Andreia, afirmou que ela está hospedada na casa de amigos.

Fonte: G1


Veja mais:
Cafetina brasileira cagueta e governador de NY pede pra sair
Se continuar assim São Paulo vai parar
Lindsay Lohan, princesinha americana nua e de graça
Guerra na América do Sul? Como ficaria o Brasil?
Vantagens In Blog:
TV LCD 19 de R$ 899,00 por R$ 809,10 para os leitores do In Blog
Ventilador de Teto Latina Silenzio 10% off! Apenas para leitores do In Blog.
Desconto Exclusivo In Blog! Lançamento Clube do Lar Purificador Latina Purifive 10% off!
Agora você tem desconto no mais bacana restaurante japonês de São Paulo

3 Responses to Cafetina chega com apoio da PF e agora diz que vai falar a verdade. Você acredita?

  1. J. Menezes disse:

    Puta perigosa…

  2. rafael disse:

    Brincadeira

    Receber com estatus de Celebridade uma prostituta E o fim |||

    Reclamamos “COM RAZÃO” do tratamento que recebemos em outros paises, Pergunto uma vez que recepcionamos nossas prostitutas como celebridades,
    Não MERECEMOS??

  3. Carol disse:

    Já era. Já virou celebridade. Agora vai aparecer em todos os programas de tv e daqui a pouco vai virar “atriz” ou “apresentadora”. É o fim.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: