Sagatiba, a história da cachaça brasileira tipo exportação

sagatibalogo.jpg

No mundo inteiro, bebe-se cachaça. Não há tradução para o nome da única bebida genuinamente brasileira, que conquistou o planeta com total autenticidade, pura ou na forma de caipirinha. Mas só há pouco tempo, depois de tanta fama e de ter seu nome registrado internacionalmente é que a cachaça começou a ganhar status e uma imagem sofisticada. E a marca SAGATIBA é a de maior expressão internacional com suas campanhas e ações ousadas.

sagatiba2.jpg

A história
Um dos motivos do nascimento da marca SAGATIBA foi justamente a identificação de uma oportunidade no mercado externo. No Brasil, a cachaça sempre foi amplamente conhecida, diferentemente do que acontecia na Europa e nos Estados Unidos. Lá a caipirinha era conhecida e identificada como uma bebida tipicamente brasileira. Porém, poucos sabiam que a caipirinha que é tomada no Brasil era feita com cachaça. Dessa oportunidade e do fato da cachaça ser o único destilado com potencial de exportação que ainda não explodiu surgiu em 2004 a SAGATIBA, que inaugurou no Brasil e no exterior a categoria Premium de cachaça. O nome da cachaça vem da união do sufixo saga, que na cultura nórdica significa aventura, encargo heróico, lendário, com a palavra tiba da língua indígena tupi, que significa infinita. A cachaça foi lançada no mercado em maio de 2004 pelas mãos do empresário paulista Marcos de Moraes, filho do ex-rei da soja Olacyr de Moraes, que tinha um plano ambicioso. Sua meta era transformar a bebida num ícone internacional, numa marca que projetasse mundialmente o mais tradicional destilado brasileiro. Para alcançar a meta, o empresário, uma espécie de empreendedor serial, não poupou esforços. Juntamente com Roberto Biaggi, um dos herdeiros da usina de cana-de-açúcar Santa Elisa, e Lucas Rodas, seus sócios no negócio, contratou uma agência de publicidade famosa, a Saatchi & Saatchi, de Londres, para promover a bebida em revistas badaladas, como as versões inglesas da Vanity Fair e da Esquire, e em bares e restaurantes de capitais européias. No final deste ano a marca já estava fortemente presente na Inglaterra, Holanda e Itália. O início foi bastante lento no mercado internacional, vendendo quase 100 mil garrafas no exterior. Em 2006, com apenas dois anos no mercado, o volume de vendas cresceu muito e alcançou 800 mil garrafas, sendo metade deste volume destinado principalmente ao mercado europeu. Desde abril deste ano a cachaça passou a ser vendida com exclusividade em todos os 15 navios da rede Princess Cruise ao redor do mundo.

sagatiba3.jpg

As variedades
A Sagatiba Pura é fabricada através do processo de coluna, sendo multi-destilada, o que lhe garante um sabor suave, aroma agradável e aspecto cristalino, ideal para a preparação de coquetéis.
A Sagatiba Velha é feita de lotes limitados e exclusivos das melhores cachaças artesanais mineiras, envelhecidas lentamente em barris de madeira nobre. Atualmente, esta produção limitada é destinada a dois produtos: Esplêndida e a Luxuosa. A Esplêndida tem graduação alcoólica de 38%, possui buquê agradável, sabor suave e corpo macio. A Luxuosa é uma cachaça dourada, mais encorpada, com aroma frutado e sabor amadeirado. Sua graduação alcoólica é de 40%.
● A Sagatiba Preciosa é uma cachaça dourada super premium produzida em edição limitada (apenas 3 mil garrafas) com 42% volume alcoólico. Durante 24 anos descansou em barris de carvalho, trazidos da Europa há um século por Francisco Schmidt, fundador do Engenho Central, a mais antiga destilaria de São Paulo, criada em 1960 na cidade de Ribeirão Preto. A cachaça foi produzida em 1982, e os tonéis foram descobertos em 2004, quando o conteúdo foi filtrado e purificado de acordo com os padrões de qualidade da SAGATIBA, para garantir as características originais, como o aroma e o sabor, fossem preservadas. O lançamento oficial foi no primeiro leilão de Cachaça da história da Christie’s, renomada casa de leilões, em Londres, sendo vendida por € 550 a garrafa. sagatibaad.jpg

As ações de marketing
A estratégia de marketing da SAGATIBA segue a mesma linha realizada no Brasil: gerar brand awareness e experimentação por meio de eventos e ações diferenciadas para o público-alvo. A SAGATIBA marca presença em eventos descolados como a Semana de Moda de Nova York e na Grécia com ações em locais disputados por modernos como Atenas e Mykonos, além de promover degustação em lugares públicos como o aeroporto de Heathrow em Londres. Em 2006 chamou a atenção da mídia nacional e internacional para uma ação realizada em Cannes, que tinha três pilares: cinema, festa e futebol. Durante o festival de cinema, promoveu um jogo de futebol para convidados ilustres com ícones do futebol brasileiro como Raí , Leonardo e Taffarel. Na platéia, vips internacionais e nacionais como Sting e Fernanda Lima. A festa foi a pré-estréia do documentário “Puro Espírito do Brasil”, narrado pelo cantor Seu Jorge, e aconteceu na casa de Pierre Cardin. Recepcionados pelo próprio estilista, os convidados assistiram a um show de Jorge Benjor e o documentário foi apresentado em vários países pela BBC, CNBC e algumas companhias aéreas. A mais nova campanha, intitulada “Explica?”, segue uma linha criativa semelhante à anterior ”O que é Sagatiba?”, que apresentou o produto ao público. O objetivo é sempre instigar a curiosidade do público com bom humor e de uma maneira completamente inusitada.

Os dados
● Origem: Brasil
● Lançamento: 2004
● Criador: Marcos de Moraes
● Sede mundial: São Paulo, São Paulo
● Proprietário da marca: Sagatiba Brasil S.A.
● Capital aberto: Não
● Presidente: Marcos Moraes
● Presença global: 13 países
● Maiores mercados: Brasil, Inglaterra e Alemanha
● Funcionários: 100
● Segmento: Bebidas alcoólicas
● Principais produtos: Cachaça
● Ícones: A garrafa
● Slogan: A cachaça além da cachaça.
● Website: www.sagatiba.com.br

A marca no mundo
A cachaça SAGATIBA, produzida na cidade de Patrocínio Paulista, está presente, além do Brasil, em mais 12 países ao redor do mundo, com forte presença no mercado europeu.
Você sabia?
● O Beverage Testing Institute – BTI, um dos mais importantes institutos de análise de bebidas alcoólicas do mundo, concedeu 91 pontos para a SAGATIBA PURA e 92 pontos para a SAGATIBA VELHA LUXUOSA, num total de 100 pontos. Acima de 90 pontos a bebida é considerada excepcional.
As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Isto é Dinheiro), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand) e Wikipedia (informações devidamente checadas).Copiado do Blog O Mundo das Marcas


Veja mais:
Atendendo a pedidos: a história da Coca-Cola
A história da marca mais famosa do mundo

4 Responses to Sagatiba, a história da cachaça brasileira tipo exportação

  1. Rodrigo Bueno disse:

    : ) Sgatiba esta conquistando o mundo …

  2. Rafael dos Santos disse:

    Boa tarde meu nome é Rafael estou cursando tecnico em logistica e gostei muito da historia da sagatiba estou desenvolvendo um projeto q é uma industria de cachaça e gostaria de saber se vcs tem algum projeto pronto para que possa me disponibilizar para o desenvolvimento do meu projeto grato rafael

  3. Regina Helena disse:

    Oi, Rafael!!

    Estou fazendo minha monografia sobre cachaça artesanal e vou te indicar dois excelentes livros do assunto:
    1-Fabricação artesanal da cachaça mineira (José Carlos Gomes Machado Ribeiro)
    2-O Mito da Cachaça Havana – Anísio Santiago (Roberto Carlos Morais Santiago)
    Os dois são excelentes, mas me apaixonei pela vida de Anísio Santiago, que é um caso a parte. O primeiro dá todos os passos de um projeto para se construir um alambique desde o canavial até o engarrafamento, além disso tudo que é necessário para torná-lo legal-na lei.
    Espero que goste,
    bye…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: