Homossexualidade é doença? Saiba aqui.

Não. A comunidade médica é unânime ao afirmar que nenhuma orientação sexual é doença. Em 1973, a Associação Americana de Psiquiatria retirou a palavra da lista de transtornos mentais ou emocionais e a decisão foi seguida por todas as entidades de psicologia e psiquiatria no mundo. Mas a questão voltou à tona nos últimos meses por causa de um projeto de lei – inédito no mundo – que está tramitando na Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro.O deputado estadual e pastor evangélico Édino Fonseca (PSC) propõe que verbas públicas sejam usadas no tratamento de pessoas que “voluntariamente optarem por deixar a homossexualidade”. No caso de menores, os pais poderão escolher se a criança ou o adolescente deve passar pelo tratamento. Para Édino, a homossexualidade é um distúrbio psicológico. “O tratamento vai desfazer os bloqueios que levaram aquela pessoa à homossexualidade”, diz. Apesar de o Conselho Federal de Psicologia pedir que psicólogos não colaborem com serviços que propõem uma “cura” da homossexualidade, o projeto já foi aprovado por três Comissões da Assembléia (Constituição e Justiça, Saúde e Combate à Discriminação) e está causando polêmica. Alguns o acusam de ser inconstitucional. “Se garante auxílio para um homossexual que queira ser heterossexual, e não para um heterossexual que queria ser homossexual, ele é discriminatório”, diz o deputado Carlos Minc (PT).

Outros o acusam de ser impertinente. “A origem da homossexualidade está em um somatório de fatores, mas ninguém sabe a causa”, diz Carmita Abdo, responsável pelo Projeto de Sexualidade da USP. Se ninguém sabe a causa, como é possível um tratamento contra “bloqueios psicológicos” ser eficiente? E muita gente acusa o projeto de ser retrógrado. Afinal, soluções mágicas para combater a homossexualidade não são nenhuma novidade (veja arco-íris abaixo). “Mais importante que considerar a homossexualidade um problema psicológico, passível de ser tratado, é educar a população para respeitar as individualidades. Diferenças não são escolhas, e sim tendências que fazem parte da natureza da pessoas”, diz Carmita.

Blogs Amigos:
PULSO Internet de qualidade
NAMONEURA Desabafos de uma namorada normal. Anormal são vocês!
PERGUNTE AO URSO Tudo aquilo que você não sabia para quem perguntar
CLUBE DO LAR Pensou em casa, já está nele
YAMAAI O melhor restaurante japonês da Vila Olímpia
TUCANOJOVEM Juventude do PSDB – Capital SP

8 Responses to Homossexualidade é doença? Saiba aqui.

  1. José Carlos disse:

    Sexo, oooo meu deus, o sexo.
    Sempre levantando polemica.
    Vamos aproveitar o prazer que uma relação nos traz, e deixar o preconceito, a intolerancia pra la, pois vida a dois é muito bom.
    JC Sao Bernardo

  2. Mauricio J. Silveira disse:

    Só tem esses assuntos, Travesti, Homossexualismo? Esses temas só servem pra levantar a bola dos homossexuais. Se você fala que respeita o homossexualismo você é chamado de gay enrrustido pelo próprio homossexual. Se você desce a lenha no gay , ele já fala que você é preconceituoso.
    Acho que esse tema só serve pros gays ficarem aí aparecendo com as mesmas opiniões de sempre.

  3. Junior disse:

    É sim e sempre foi, o assunto não deve ser tratado como Medicina mas sim como Economia e Finanças como vou demonstrar a seguir:

    O que acontece é que essa liberação que está ai começou na costa oeste americana, no final dos anos 80, quando os homens de negócios da Califórnia perceberam que havia uma quantidade considerável de dinheiro nas mãos dos homossexuais..

    Esses empresários passaram então a criar um ambiente mais propicio para que esse público consumisse produtos, artigos, fossem empreendedores, frequentassem lugares onde havia discriminação, fizessem viagens, abrissem contas, etc. . E foi um bom negócio, os bancos americanos passaram a abrir linhas de crédito especificas para que eles pudesse montar seus próprios negócios e estabelecimentos. Muito dinheiro correu nessa época.

    Ao contrario do que muita pensa quem quebrou as barreiras que existiam não foram os homossexuais e sim os heteros com todo esse incentivo, digamos assim “comercial” de aproximação.

    Depois é que vieram as revistas especializadas, passeatas, saunas, filmes, etc.

    Quando o assunto é dinheiro o americano sabe lidar muito bem com as coisas. Todo esse empreendimento foi bancado pelos empresários heteros, que lógico, ávidos por lucros e resultados, passaram a não dar mais importância para a cor do dinheiro, se era ou não “cor de rosa”. A lei americana estabelecendo que não é mais doença e que qualquer preconceito contra eles é crime foi criada por heteros, interessados tão somente em ganhar cada vez mais money, money e mais money.

    Claro que assim até eu vou querer entrar nesse rio de dinheiro e também vou dizer que Homossexualimo não é doença. Acontece que é.

  4. Janaina disse:

    Concordo com o Júnior e toda a explicação sobre a quebra do preconceito. Na maioria dos casos é o hetero quem quebra o preconceito. Muitas vezes, por dinheiro, mas existem casos também de famílias preconceituosas que passam a entender esta situação no momento em aparece um homosexual na família. E são muitos casos como este. Acontece que eu discordo plenamente quando ele diz que a homosexualidade é doença. Cada pessoa ama de uma forma. Cada pessoa odeia de uma forma. Eu, uma mulher, homo, 26 anos, jornalista, família bem estruturada, independente financeiramente, segura do que quero, amo de uma forma e mesmo que exista outra pessoa com as mesmas características que eu, nossos sentimentos podem ser completamentes diferentes. Não existem pessoas iguais. Se dermos inúmeras tarefas para um ser humano, cada um faz cada coisa de uma forma diferente a não ser que a tarefa seja do gênero matemático. Porque amar seria diferente? Porque todos nós devemos ser heteros? Junior, cada um gosta de um determinado tipo de corpo. Por exemplo, no caso de um hétero: existem homens que gostam de mulheres magras, outros preferem as gordinhas… Existem homens que preferem mulheres brancas, outros preferem as negras e por aí vaí… Tenho um colega de trabalho que só repara em meninas negras… Pode ser a maior loirona que todo mundo olha e pra ele, não significa nada (em termos sexuais). O mesmo acontece com os homosexuais… Minha namorada prefere mulheres com carne, gostosas… Já o meu tipo preferido de corpo são as magrinhas… Acho lindas e altamente desejáveis… Enfim, o que eu posso fazer se eu nunca tive curiosiade para olhar corpo de homem? Quando eu era mais nova, no colégio, as meninas ficavam olhando os meninos e eu olhava para elas… E eu acredito que isso é completamente natural… Claro que na confusão da adolescência, tentei fingir que aquilo não estava acontecendo, mas estava… Eu olhava para um homem e não era o que eu queria… Mas eu sei que isto não é doença… Pense em você como homem: você teria desejos sexuais com todas as mulheres que existem no planeta? Não! Existem mulheres com quem você nunca transaria… Então, porque nós homosexuais temos que nos tratar para ter relações sexuais com quem a gente não quer? O que eu posso fazer se quando um homem me paquera, eu até acho legal porque faz bem pra auto-estima, mas quando é uma mulher, eu sinto tesão? O que eu posso fazer se eu amo a minha namorada… Se é ela que eu gosto de tocar… E se é a voz dela que eu gosto de ouvir no telefone e quando beijamos é o beijo mais apaixonado da minha vida? E olha: não troco isso por nada… por homem nenhum com dinheiro nenhum no mundo… Acredito que as pessoas deveriam amar mais ao invés de julgar… O que falta neste mundo é amor… Parece piegas, mas no dia em que cada ser humano souber o que é o amor de verdade, como é doar-se por inteiro, o mundo será melhor… E sexo, meu bem, é animal, sentimos vontade de fazer a dois, a três… sozinho… Mas só rotulam os homosexuais… Quanto ao preconceito, eu acredito que a maioria dos homosexuais ajudam para que exista o preconceito… Minha namorada, por exemplo, não gosta de entrar no hotel junto comigo, quando a gente entra num restaurante e o vendedor nos trata como “casal”, ela se sente envergonhada… Ela fala que é para me proteger, afinal olhando pra mim, ninguém percebe… Já ela, está na cara… Isso pra mim é preconceito que o próprio homosexual gera… Mas enfim, cada um, cada um… Pra mim, essas situações são extremamentes naturais, mas só serão tratadas com naturalidade a partir do momento em que nós homosexuais tratarmos essa situação com naturalidade… Acredito que você é extremamente inteligente, pois tem dados que a massa desconhece e sabe bem os reais motivos da aceitação homosexual. Espero que você reflita a respeito deste assunto e entenda que homosexualidade não é doença. É de pessoas como você que a gente precisa para quebrar o preconceito não por dinheiro, mas por consciência de que todas as formas de amor valem a pena.

  5. Genivaldo Soares disse:

    Sendo ele politico estou de acordo com o pensamento do parlamentar que como ele e outros só pensa nos beneficios futuros. Como cristão, fico supreso. Pois sabemos que essa atitude do homem optar em tornar ser homosexual, não vem dele é origem do pecado. Logo entendemos que tudo isso é “DEMONMIO” . Pois esse é um tipo de demonio que procura escravisar o ser humano que é obra de “DEUS” e o “diabo” tenta através dessa atitude desclassificar a obra de “DEUS” que é o “HOMEM”.
    Parlamentar leia a “BLIBLIA”. e Aceite “JESUS COMO SEU SALVADOR”.

  6. Edson Ribeiro Nunes disse:

    Se homossexualismo fosse uma coisa normal, ao invés de Adão e Eva, Deus teria criado Adão e Ivo.

  7. Murilo Pintombe Souza disse:

    Acho que é sim, não é possível que uma pessoa esteja desviado de sua tendência natural, ou seja o homem tem que ser atraído por mulher. Se isso não acontece é porque tem alguma anomalia. Como sou uma pessoa otimista, acredito que isso tenha cura.

  8. Celia disse:

    CLARO QUE SE FOSSE POSSIVEL MUDAR O COMPORTAMENTO SERIA MARAVILHOSO PORQUE TUDO OQUE FOJE DOS PADROES NORMAIS, CAUSA ESPANTO,E O HOMOSEXUAL NÃO É COMPLETAMENTE FELIZ ELE SE SENTE DISCRIMINADO AS VEZES ATE POR ELE MESMO, DEUS NOS CRIOU PARA SERMOS MACHO E FEMEA CONSTRUIR UMA FAMILIA E VIVERMOS SEM MEDOS E PRECONCEITOS, GOSTARIA MUITO QUE EXISYISSE CURA, MAS SE ISSO NÃO FOR POSSIVEL, VAMOS ACEITAR E PROCURAR VIVERMOS BEM COM TODOS. PEÇO A DEUS EM ORAÇÃO QUE SEJA POSSIVEL ENCONTRAR A CURA.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: