Igreja Católica x Igreja Universal na eleição carioca

Jandira Feghali, sim, “bispo” Crivela, não

Rigorosamente verdadeiro: a CNBB já decidiu sua posição em relação à eleição para prefeito do Rio. Se no segundo turno a disputa ficar entre Jandira Feghali e o ex-“bispo” Crivela (não há outra hipótese), a Igreja Católica recomendará o voto em Dona Jandira. Não importa que ela seja do PC do B, “antigamente” uma dissidência comunista.

A Igreja Católica considera que como ideologia a “ameaça comunista” não tem mais sentido. Apesar do enriquecimento cada vez maior dos ricos, que não têm a menor consciência social, o inimigo a derrotar agora é a Igreja Universal. Por isso, dirá N-Ã-O a qualquer possibilidade do Rio ser entregue aos “universalistas” do “bispo Macedo”.

Essa era a realidade antes da denúncia (coletiva, cruel e assassina) contra o que Crivela chamou de “cimento social”. Depois de todas as denúncias, Crivela queria até retirar a candidatura, o “patrão” Edir Macedo não deixou. Crivela se submeteu, como sempre. Crivela vai para o segundo turno, e perderá por ausência total de nomes.

Os fatos não terminaram, as convenções significam pouco, podem ser mudadas. A convenção do PMDB “escolheu” Eduardo Paes, que é INELEGÍVEL. O partido, para evitar “cisão” (mais?), pretende compor a chapa Eduardo Paes com qualquer um. Não faz mal, não ganhará mesmo. Colocaram na ata: “Se o primeiro escolhido não puder ser candidato, o segundo será o candidato a prefeito”. Total desconfiança em relação a Paes. Que tem hoje o VETO de todos os partidos, se apóia em duas muletas: Cabral e Picciani.

O PT-PT escolheu Molon, que pode desistir a qualquer momento. De desalentado e derrotado, pularia para uma vice forte. (Nem isso conseguiu, está “esvoaçando”).

A vinda ao Rio do presidente Lula, com três dos candidatos aparentemente mais fortes pertencendo à base, criou mais confusão do que união. Jandira Feghali, com a maior experiência e militância política e eleitoral, está à vontade. Agradeceu a Lula ter “contribuído na tentativa de unir as esquerdas”. Não conseguiram, mas se ela for para o segundo turno terá apoio geral.

Crivela sentiu “o peso do desinteresse do presidente em relação à sua candidatura”. Lula nem apertou a mão dele, acenou para Crivela de longe. E o ex-bispo ainda foi ao segundo compromisso de Lula, sem ser convidado.

Eduardo Paes, não há como deixar de defini-lo, um “estranho no ninho”. Sentiu o constrangimento, se escondeu atrás de Cabral. O presidente, delicado e sem hostilidade, desconheceu-o. Paes foi logo embora. O que fazer depois de ser secretário nacional do PSDB e ter dito horrores de Lula na CPI dos Correios? Pessoalmente Paes não é da base.

Mas quem mostrou mesmo toda a fragilidade e a quase certa decisão de renunciar foi Alexandre Molon, que nem apareceu. Mandou dizer: “Tenho compromisso marcado muito antes”. Ora, ninguém tem compromisso mais importante do que com o presidente da República. Principalmente quando se é candidato a prefeito e o presidente Lula é tido e havido “como fábrica de votos”.

PS – Portanto falta muita coisa a decidir no Rio, não só em matéria de vices. Gabeira e Chico Alencar dão charme e importância à disputa, mas brigam pelos votos do mesmo setor, o que invalida os dois. Continuarão deputados federais, melhorando a votação em 2010.

PS 2 – Com a segunda derrota, Crivela cairá no esquecimento.

Fonte: Tribuna da Imprensa

Assuntos Relacionados:
Me arrependi de não votar no Clodovil
Greenhalgh ofereceu a Daniel Dantas plano para tentar melhorar relação com o PT
TV do filho de Lula sai do ar sem aviso prévio
baner_in.gif


8 Responses to Igreja Católica x Igreja Universal na eleição carioca

  1. Matéria muito esclarecedora.
    Pena que não encontrei um meio para repassá-la para meus amigos.

  2. Leo Moreira disse:

    Tanto a Igreja Católica e seus hábitos da época da pedra quanto essa Igreja Universal e até mesmo outras religiões de fundo de quintal, de bispos analfabetos, enfim, são um poço de arrecadar fundos para se enriquecerem. Sou católico não praticante devido a ignorância católica e a falta de responsabilidades de seus comandantes. A Igreja católica serve para desfile de modas e a universal para enriquecer “macedos” (letra minúscula mesmo).
    Na minha opinião, estamos de mãos atadas no que diz respeitos a doutrinas religiosas, pois até a TV brasileira incentiva essas porcarias durante as madrugadas. Vemos depoimentos falsos, milagres falsos, bispos de não sei o quê, pastores que no passado não muito distante eram bandidos, donos de prostíbulos, etc. Essas pessoas que devemos colocar no poder?
    Esse é o Brasil!!!

  3. Leo Moreira disse:

    Para quem não conhece o submundo das religiões, é o mesmo da política brasileira. Pergunte a esse macedo do inferno, quantos processos ele responde na justiça? Os bandidos do passado que hoje são esses pastores nojentos se transformaram na pior espécie humana, sendo falsificadores e fraudadores mais bem pagos e sacanas que existe. Por mim daria uma foice, um machado e mandaria todos para roça.
    Esse crivela idiota tem que ir para a puta que pariu. A mãe dele deve ter sido um puta bem desgraçada.

    Dêem reisadas a vontade. Crivela filho da Puta.
    Jandira Feghali é outra católica ladrona. Cariocas não votem em nenhum dos dois.

  4. LUIZA disse:

    Acho que pra disputar uma eleição…não tem de escolher religião e sim caráter, se os cadidatos não servem não votem mas não vamos misturar religião pois assim ofende as pessoas de bem que querem ver esse brasil lindo crescer na paz de Deus. Cariocas de bem….bom carater aparecam em cena para que haja candidatos dignos de governarem essa cidade maravilhosa. E tenho dito:

  5. Leo Moreira disse:

    Luiza, vc tem razão mesmo, religião não tem a ver com política realmente. O que vc disse é bem verdade, precisamos de pessoas com caráter.
    O que tentei expressar, foi minha indignação contra essas pessoas que proveitam da religião, dos pobres, dos analfabetos, etc para se erguerem na vida.

  6. Diógenes Garcia disse:

    Religião não tem nada a ver com política, mas tem MUITO a ver com dinheiro: a Igreja Católica recebe mais de R$ 2 milhões por ano da Prefeitura do Rio de Janeiro, através da Mitra (confira no site “riotransparente”).
    O mais vergonhoso é que a Constituição proíbe dar dinheiro público pras igrejas, e ninguém faz nada.
    Então é fácil saber porque os Bispos Católicos preferem uma “ex-comunista” do que um “ex bispo” da Igreja Universal: é “medo” da concorrência.

  7. ADILSON disse:

    BOM E BEM VERDADE QUE TANTO A POLITICA QUANTO AS IGREJAS ESTAO QUASE SEM CREDITO(QUASE) PORQUE AINDA HA PESSOAS DE CARATER ENVOLVIDAS EM AMBAS E E POR ISSO QUE MUITOS AINDA VAO AS IGREJAS E COMPARECEM NAS URNAS P/ DAR SUAS PARCELAS DE CONTRIBUICAO !
    MAS NA MAIORIA DAS VEZES NOS SOMOS PARTE DOS CORRUPTOS QUANDO ACEITAMOS DESDE QUE SOBRE ALGO P/ NOS PARTICIPARMOS DE ESQUEMAS E ISSO ESTA CHEIO INFELIZMENTE PESSOAS REVOLTADAS QUANDO FICAM FORA DO BOLO MAS TENDO UMA BEIRADINHA JA ERA TA TUDO BEM !RSRS E UMA PENA ! MAS VC Q TEM CARATER E QUER MUDANCA ENSENTIVE AQUELE QUE VC VER SINCERIDADE NELE VOTE NELE E AINDA DIVULGUE O NOME DELE SE ELE GANHAR E NAO FOR BOM , NA PROXIMA ESCOLHE OUTRO E TRABALHE P/QUE OUTRO TENHA OPORTUNIDADE DE FAZER ALGO BOM POR SUA CIDADE,ESTADO OU PAIS !E CLARO TRABALHE TAMBEM CONTRA AQUELE QUE NAO TRABALHOU COMO DEVIA !

  8. Gloria disse:

    Sou protestante e digo: NÂO VOTO NO CRIVELA!!!!!!!
    Gosto do Alexandre Molon

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: