Representando o anti-petismo, Kassab já espera contar com apoio de Alckmin para o segundo turno.

A temperatura esquentou na eleição para a prefeitura de São Paulo. E não foi entre os dois primeiros colocados até o momento. Foi só começar o horário eleitoral na TV para ficar claro que a polarização será entre a ex-prefeita, Marta Suplicy, e o atual Gilberto Kassab. E com Geraldo Alckmin assistindo a tudo sem reação, mesmo em segundo lugar nas pesquisas. Isso porque além das dificuldades de quem já enfrenta uma campanha à prefeitura com o partido dividido, o candidato tucano sofre com a falta de rumo de seu programa na TV – que apresenta o mesmo nível dos candidatos considerados “nanicos”.

O resultado dessa briga apareceu rapidamente nas pesquisas realizadas após o início da propaganda na TV: Alckmin despencou mais de oito pontos, Kassab vem subindo sem parar, enquanto Marta se manteve na liderança. Com isso, o segundo turno se configura com Kassab, o que garante ao democrata a marca do candidato anti-PT. Leia Mais
Desafios de um lado, ataques e tom elevado de outro. Enquanto Kassab desafia Marta a comparar suas gestões diariamente, a candidata petista avisa que não vai “apanhar calada”. Tanto na TV como no rádio, os dois trocam farpas e mostram que daqui pra frente a eleição será resultado das comparações entre as duas administrações.

Kassab saiu na frente, com números e dados claros que deixam à mostra falhas de Marta. A ex-ministra, por sua vez, chegou à TV com uma imagem forte e apelando para o apoio político do presidente Lula, a quem confere o papel de “apoio político fundamental no momento em que o país está bombando”. Em outras palavras, esqueçam o que eu fiz que só vale o daqui pra frente.

E Alckmin? O tucano realmente enfrenta um momento delicado. Meio perdido ainda após estrear de forma fria na TV, resolveu numa manobra arriscada ao enfrentar a ala pró-Kassab e partiu para o ataque contra o prefeito. A tática configurou um tiro no pé, já que o ataque serviu para afastá-lo ainda mais do Governador José Serra, padrinho político e grande incentivador da candidatura Kassab. Falar mal de Kassab é falar mal da gestão Serra/Kassab. Reflita sobre como isso soa em um Partido dividido.

Paralelo à disputa, os últimos números divulgados, tanto por Ibope quanto pelo instituto Datafolha, fortalecem o que nos últimos dias já é certo para os comandantes da campanha petista: Kassab estará no segundo turno. Passar à frente do tucano é questão de dias. Do lado democrata, nada de empolgação. Agarrados na estratégia de dar visibilidade às realizações do Prefeito, o comando político da campanha já articula com os dirigentes nacionais do PSDB em busca de apoio para o segundo turno.

Cabe a Alckmin o discurso de que tudo vai bem, nada vai mudar e que chegará ao segundo turno. Quem se lembra da eleição presidencial de 2006 sabe que essa marca da teimosia garantiu a ele, no máximo, uma cadeira de espectador para o show de Lula nas urnas. A cadeira que vai se mostrando cada vez mais próxima, dessa vez, deverá ser no camarote da campanha de Kassab na busca pela vitória contra Marta no segundo turno da eleição paulistana.

VISITE O SITE DE GILBERTO KASSAB

Clique aqui e receba as atualizações do In Blog por e-mail

rss_3

O In Blog envia até 3 e-mails com suas atualizações por semana, clique aqui, coloque seu e-mail e passe a receber nosso newsletter.

Blogs Amigos
PULSO Internet de qualidade
NAMONEURA Desabafos de uma namorada normal. Anormal são vocês!
PERGUNTE AO URSO Tudo aquilo que você não sabia para quem perguntar
CLUBE DO LAR Pensou em casa, já está nele
TUCANOJOVEM Juventude do PSDB – Capital SP

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: