Cantor Netinho sai do armário e afirma que gosta de meninos e meninas

De volta com um novo CD após três anos de sumiço, o cantor baiano diz que se considera bissexual, conta as experiências que teve com drogas e admite que usa botox


Apesar de estilos musicais completamente diferentes, Ernesto de Souza Andrade Júnior, o Netinho, e Renato Russo têm algo em comum. “Eu gosto de meninos e meninas”, revelou o cantor baiano a QUEM, parafraseando, ainda que sem querer, um dos hits do compositor brasiliense morto em 1996. “Mas hoje gosto mais das meninas”, emendou. O intérprete de “Oh, Mila, mil e uma noites de amor com você” – música de um CD que vendeu 12 milhões de cópias – fez esta e outras declarações surpreendentes durante um bate-papo de duas horas, no apartamento que possui no Leblon, no Rio de Janeiro. Depois de quase três anos de sumiço, o cantor baiano de 42 anos está de volta com o 18o CD da carreira, o Minha Praia. Sorridente e articulado, Netinho criticou a banalização da música baiana, assumiu sua bissexualidade e falou da experiência com as drogas e da angústia que o levou a repensar a vida. “Foi um processo tão violento, não sei se estaria vivo se não tivesse parado”, afirma.
Por que você deu uma parada?
NETINHO
: Parei por dois anos e oito meses. Decidi parar pouco antes de 2005. Estava sem saco para viajar, trabalhar, não queria fazer shows, estava angustiado. Me chamaram de louco, mas não tinha escolha. Foi um processo tão violento, não sei se estaria vivo para dar esta entrevista. Parar foi uma das coisas mais importantes que fiz na vida. Agora trabalho o equilíbrio curtindo a vida. Só fui saber o que é fazer churrasco para os amigos há alguns anos. Tinha tudo o que o sucesso pode dar, mas me sentia vazio.

Como deixou essa angústia tomar conta de você?
N
: Quando você chega a um nível de sucesso, perde a noção das coisas. Estava conversando com Ivete Sangalo sobre isso, e reafirmei esse pensamento. O artista não tem noção do que é sua vida quando está no auge. Eu vivia amarelo, não tomava sol, me sentia feio, não queria ver ninguém, desmarcava vários programas de TV. A Hebe foi uma das pessoas que ficou chateada comigo. Eu não gostava de mim, não estava a fim de aparecer.

É fácil parar de trabalhar quando se tem muito dinheiro, não?
N
: Talvez. Não pensei por esse lado. Saí de casa aos 16 anos e tudo o que eu tenho construí sozinho. Não quis dinheiro do meu pai. Não tive infância pobre, meu pai não aceitava que a gente andasse descalço. Mas “nada como viver” (aponta para a frase tatuada no braço direito). Sucesso não vale muita coisa. Tomando banho de piscina com meu ex-empresário, contei a ele que queria parar. Falei: “Que nenhum fã saiba disso, mas tudo que conquistei na música em nada me acrescenta como pessoa”. É tudo pó. Meus discos de ouro, platina, diamante não representam nada. O bem maior que eu tenho é o que proporciono às pessoas.

Como seus fãs reagiram?
N
: Fiquei nove meses fora do Brasil, entre Londres e Barcelona, para não ver a reação do público. Sei que machuquei muita gente com a decisão de parar, porque o ídolo toma uma dimensão na vida do fã que muitas vezes não sabe. Eu negava autógrafo, negava foto, só pela angústia de não querer ser reconhecido.

O artista não tem noção do que é sua vida quando está no auge. Eu vivia amarelo, não tomava sol, me sentia feio, não queria ver ninguém. Não gostava de mim.

Como se recuperou?
N
: Sozinho. Não tenho religião, sou contra análise. Sou canceriano, não vivo sem momentos de solidão. É quando mais cresço. Namorada, família não entendem isso. Meus irmãos falavam para minha mãe: “Netinho vai se matar”. E ela: “Isso vai passar”.

O que leva a crer que a angústia não voltará?
N
: Aos 42 anos, vivo a fase mais feliz da minha vida. Isso se deve mais a meu lado pessoal do que profissional. Estou feliz demais, apaixonado, vendo tudo colorido, estou com uma mulher há um mês e meio, vivendo muitas coisas pela primeira vez. Não perco mais uma rave na vida. Sou o cara que mais dança nas raves, sou o último a sair. Ainda levo o som para o quarto e continuo a rave no hotel. Nunca tinha feito isso.

Quantas plásticas você já fez?
N
: Fiz duas no nariz, por causa de uma cicatriz. Coloco botox há dois anos e sou viciado em malhação. Adoro ficar malhado para o Carnaval.

Já tomou anabolizantes?
N
: Já, sim, uma vez. Já viu que sou verdadeiro, né? Tudo que você perguntar eu respondo. Não gostei dos anabolizantes, porque perdi movimentos, o braço não levantava, me sentia pesado. Fiquei com o pescoço horrível. Tomei por decisão própria, aquela coisa de academia. Você começa a malhar e não sai mais da frente do espelho. Passei do limite. Mas não fiquei com seqüela. Nada de cabelo cair, impotência… Tenho voz aguda, nem ficou mais grave.

Tem medo de envelhecer?
N
: Não tenho problema com idade, sou um moleque. Você precisa me ver numa rave. A última foi em Sauípe, três dias de rave, há quase um mês.

Já usou droga nessas raves?
N
: Já usei drogas em rave, sim. A experiência foi maravilhosa. Nessa vida a gente tem que provar de tudo, desde que tenha vontade e ache que não vai passar daquilo. A primeira vez que provei foi em Portugal. Foi uma experiência terrível, fiquei louco. Nunca cheirei, só passei cocaína aqui (alisa a gengiva). Não uso porque sei de experiências de pessoas que caíram mortas. Sou ativo, não preciso disso para me divertir. Maconha odeio. Para ficar acordado por muito tempo, basta eu beber energético e vodca. Já misturei álcool com ecstasy. Mas ultimamente só tomo vodca com energético. Meu último porre foi em Sauípe. Sou movido a felicidade.
Já viu que sou verdadeiro, né? Tudo que você perguntar eu respondo. Não gostei dos anabolizantes, porque perdi movimentos, o braço não levantava.

Em 2006, você gravou a música “Tá Bom”, incluída nesse novo CD. É uma letra com referência a homossexuais?
N
: Não tinha uma música específica para o Carnaval, quando compus essa letra com Carlinhos Brown. E deu uma polêmica enorme, porque fala “menino com menino, menina com menina”. Acho isso uma bobagem, não entendi o tititi. Não era nossa idéia levantar bandeira. Mas é uma música com referência ao homossexualismo, sim.

Já teve alguma experiência?
N
: Já tive experiência homossexual. Foi há algum tempo, foi interessante. É a filosofia de que devemos passar por tudo na vida. Deus é energia, quando a gente morre é escuro total. Morreu, acabou. A oportunidade é agora. Não dá para deixar nada para depois.

Quanto tempo durou essa relação?
N
: Três anos, mas não foi com famoso. Não gosto de famoso (risos). Sou anti-Netinho, sou contra essa coisa que cerca o personagem. Não chegamos a morar juntos, não dá certo. Tem que ser cada um no seu canto. O mundo caminha para o individualismo.

Você tem uma filha de 10 anos e disse que está namorando uma mulher. Considera-se bissexual?
N
: Eu gosto de meninos e meninas, mas hoje gosto mais de meninas. Eu me considero bissexual. Essa relação com um homem foi uma experiência que ficou no passado, linda inclusive.

Mudando de assunto, como avalia a música baiana atual?
N
: Está numa fase excelente, retomando o espaço que perdeu. Comecei com Cheiro de Amor, Banda Eva, Daniela Mercury, Asa de Águia… Nossas músicas falavam das belezas de Salvador. Aí, há uns oito anos, a música passou pela sua pior fase, quando o pagode baiano da periferia dominou o espaço, explodindo músicas de duplo sentido, como “Boquinha da Garrafa’, “Rala o Pinto”… Isso denegriu a música baiana em nível nacional. Isso é uma avaliação técnica, respeito o trabalho do É o Tchan e de todo mundo.

Você nunca cantou pagode baiano nos shows?
N
: Tem algumas músicas que eu canto, mas nunca “Boquinha da Garrafa”. O pessoal de Salvador até me olha atravessado, mas deixo minha opinião bem colocada. Eu me sinto herdeiro dos herdeiros do Caymmi, sou herdeiro dos tropicalistas. Matava aula para ir ver Caetano cantar.

Fonte: Quem

Clique aqui e receba as atualizações do In Blog por e-mail

rss_3

O In Blog envia até 3 e-mails com suas atualizações por semana, clique aqui, coloque seu e-mail e passe a receber nosso newsletter.

Blogs Amigos
PULSO Internet de qualidade
NAMONEURA Desabafos de uma namorada normal. Anormal são vocês!
PERGUNTE AO URSO Tudo aquilo que você não sabia para quem perguntar
CLUBE DO LAR Pensou em casa, já está nele
TUCANOJOVEM Juventude do PSDB – Capital SP

23 Responses to Cantor Netinho sai do armário e afirma que gosta de meninos e meninas

  1. Álvaro Rui Vilela disse:

    Que novidade hein pessoal? Que coisa né?
    Pô, ninguém ainda tinha reparado no jeito de viadinho dele.
    Da Salvador, a capital gay do Brasil só se podia esperar isso mesmo.

  2. vivianatransex disse:

    achei , muito legal da parte dele , ele não tinha a obrigação de assumir isto a ninguem , pois acho que a vida pessoal e intima de cada ser humano pertence somente a ele , mais se o fez parabens , tbm acho que ninguem tem o diretio de julgar ninguem ora bolas se nem deus que é a maior força do universo faz isso quem somos nós para faze-lo ? ….ta certo netinho , vc tem que ser feliz , sendo vc mesmo , ninguem no final do mês te pergunta se vc ta precisando de ajuda ninguem se oferece para pagar sua contas , então oque importa é vc , o resto é resto , o problema é que nós nos aceitamos como somos e vivemos sem mascaras sem personagens , simplesmente nos aceitamos como somos , e por isso somos felizes , e isso causa a inveja dos ” heteros” pois eles tem medo de assumirem sua verdadeira personalidade , e ficam se escondendo para o mundo e para si mesmos , isso é claro causa inveja , e infelicidade , ao invez de criticarem , se olhem no espelho e se aceitem como são , e verão que serão muito mais felizes , e passaram , e não se importarem mais com a felicidade do proximo , valeu

  3. AROLDO BARBOSA disse:

    Cultura é, de fato,o único espaço democrático.Aroldo BARBOSA/DIAMANTINA/MG/BRASIL

  4. faria disse:

    Gosto da musica de Netinho já há mais de 12 anos , te adimo como artista, vc faz musica com a alma. tive oportunidade de ver 02 shous deste baiano maravilhoso tem um pique encima de um trio eletrico que e só dele. A sua vida e unicamente sua .. Sempre vou te adimirar . Não some por favor sentiremos falta de vc. e cada um em seu quadrado e deixa viver quem e capaz de Amar.

  5. Alves disse:

    Achei interesante esta intrevista. Foi uma resposta para os fãs! Agora todos sabem o que de fato aconteceu na vida de Netinho!! So que na vida todos passam por dificuldades,cabe cada um seguir o seu melhor caminho. Sou contra a experimentar drogas e outras coisas semelhantes. Amo a minha vida!! E um caminho sem volta. Quanto a homosexoalismo, deixo cada um refletir. e lembrar dos ensinamento antigos!! Nada contra a ninguem.

  6. fatima nicolau disse:

    he netinho sua decpisao nao foi mole mais teus fas nao merecia eu curti muito netinho por causa do meu filho mais ele canta bem mais engana muito pois teve hrs que era muito grosseiro i ninguem merece se vc tinha problema tudo bem pois todos nos temos mais respeito e bom e todos gostas vc me decepicionou muito e agora mais ainda pois droga e droga vc negou varias micarande entrevistas,fotos contacto com fas tem um ditado quem planta colhe nao devemos brincar com os sentimentos eu passava o ano todo economizando pra comprar um abada pro meu filho curtir netinho comprar revista cd e ai vc sempre deu patada em todos os fas paraibanos vc nao lembrar mais teve momentos que vc ate ria das babaquise das garotas e vc esqueceu que aquelas garotas e garotos que corrian pra lhe ver ia crescer ia ter maturidade pra ver que loucura que besteira que perca de tempo mais sinceramente valeu pois eu adora ver meu filho feliz que pena que vc nao soube dar o valor as pessoas que lhe adimarava eu pergunto pra que fazer faclube? pra que comprar cd ou dvd se vc nao da valor a nada eu so tenho que lhe desejar seja feliz pois eu e meu filho somos muito feliz

  7. Salve. Antes de tudo, homossexual é com dois “esses”, por favor arrumem a TAG.

    Netinho sempre passou essa coisa bacana de guri, de criança, um cara que não conheço mas, aquele sorriso não vê essa coisa babaca que você, Álvaro vê. Pureza e inocência de quem não tem malícia e é muito macho para se assumir. Você só pode ser um egodistônico, e homófobo. Meu, bissexualidade não tem nada a ver com jeitinho “viadinho”. Aliás, isso deve dar uma ciumeira em você. E, ainda tem a pecha de chamar Salvador de capital gay.
    Voltando a falar de coisa séria, Netinho provou de um veneno amargo. O sucesso e, principalmente, a felicidade de alguém, só é possível se as pessoas ao seu redor estão felizes. Ainda bem que o anjo botou os pés no chão.

  8. rosana barros disse:

    Estou totalmente decepcionada com a sua atitude.mais mais é o q vc gosta.Fazer oq?bjs.felicidade

  9. Renato Teixeira disse:

    Isso passa. Agora está na moda o cara dizer que é viado. Isso é uma moda como foi a tatuagem, usar drogas, cabelo comprido e etc.
    A moda agora é dizer-se gay, é um modismo passageiro e depois tudo volta ao normal.

  10. Helena disse:

    Você disse uma verdade inconteste: com a sua decisão, você acabou magoando muitos fãs, dentre eles, eu… segui seus passos por quinze anos, seja em shows ou nos Carnavais de Salvador, e, de repente, me vi perdida nesse caminho do Axé. Acredito que não tenha sido fácil agir como agiu, da mesma forma como não tem sido fácil para nós, seus antigos fãs, reatar aquela mesma sintonia que antes… Senti isso quando, do seu retorno, resolvi sair contigo neste Carnaval – não foi a mesma coisa…
    Gosto de você, continuo-o admirando, mas ficou uma lacuna.
    Sucesso !!!

  11. Helena disse:

    Ah, e em relação à sua orientação sexual, não é da conta de ninguém saber do que gosta e do que não gosta.Sem ser piegas, acredito que o que vale em uma pessoaé o se caráter e o respeito pel outro.
    Infelizmente vivemos em uma sociedade extremamente preconceituosa , a exemplo do comentário deixado acima pelo internatua Álvaro. Certamente ele deve se achar superior por se achar macho. Mas como diz o ditado “Quem desdenha quer comprar”.

  12. ton disse:

    Netinho. Seja feliz…
    Só te recomendo análise. Se você é contra é porque te incomoda ser quem é…

  13. Adilson Penna Silveira disse:

    Concordo com o Renato Teixeira. Todo artista quando está por baixo sempre vem com essas declarações que é pra chamar a atenção.
    Como isso virou mesmo uma moda, o cara (no caso o Netinho) vem a público e fala essas coisas.
    Isso também é muita falta de criatividade, não dá pra chamar a atenção do público com outras atitudes?
    Como todo modismo um dia termina, será que vale a pena agora carregar a fama de viado a vida inteira?

  14. Netinho gosto muito de suas músicas, na vida passamos por momentos dificeis, mais o que importa que você esteja bem, que Deus te abençõe muito, um abraço de seu fã .

  15. NETINHO QUE NA VIDA FAZEMOS ANÁLIS TODOS OS DIAS DA VIDA, MAIS ACREDITO QUE VOCÊ JÁ FEZ A SUA ANÁLIS, QUANDO VOCÊ PRECISO SAIR DO BRASIL PARA REFLETIR MELHOR A VIDA, VOCÊ É O MELHOR DO CRIADOR DA TERRA, UM ABRAÇO.

  16. felipe disse:

    NETINHO JESUS TE AMA! COMO PODE JAMAIS IMAGINEI QUE VC FOSSE GILETE

  17. Alvaro Rui Vilela disse:

    Pronto, estava demorando o discurso pronto.
    A Helena fez o comentário e usou as expressões de sempre, “orientação”, “preconceituoso” e ainda usou uma expressão (quem desdenha quer comprar), que é sempre a mesma tática insinuando que aqueles que criticam também são viados.
    Essa é a tática homossesxualista, na falta de criatividade para o debate, utilizam o discurso decorado da cartilha, sempre com as mesmas palavras prontas.
    Helena, seu discurso está incompleto, você esqueceu de usar a palavra “homossexualidade”, que é a nova palavra da moda que designa o homossexualismo.

  18. Aristeu Mello disse:

    É isso aí Netinho, a comunidade gay de Salvador está muito orgulhosa de você. Seja bem vindo, Salvador é a única cidade do Brasil que aceita com carinho que seus habitantes sejam gays.
    O titulo de “Salvador, a capital gay do Brasil”, nos enche de orgulho.
    Parabéns Netinho.

  19. Edna Mathias disse:

    Mais um viado na praça, e por tabela vamos ter cada vez mais mulheres desacompanhadas. Só posso lamentar.

  20. Rodrigo disse:

    Sempre achei ele viadíssimo!

  21. jUU disse:

    Nossa que notícia “ótima”!
    Mais uma forma de promover esse cara q é uma b****!

  22. Erica disse:

    gosto muito dele e não vai ser por causa disso que eu vou parar de ser fã dele!!!

  23. Erica disse:

    amo o netinho e as musicas dele se um dia eu poder conheser pessoalmente vai ser o dia mais feliz da minha vida!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: