Cigarro eletrônico não é eficaz, diz OMS

Organização Mundial de Saúde não vê provas de que o cigarro eletrônico ajuda a combater o tabagismo.

A Organização Mundial da Saúde (da sigla em inglês WHO ou OMS, em português) alertou nesta sexta-feira (19/09) sobre o perigo do uso de cigarros eletrônicos, afirmando que não há evidências de que eles ajudam pessoas a pararem de fumar.

Fabricados na China e vendidos principalmente pela internet em países como Brasil, Inglaterra, Canadá e Israel, eles estão ganhando popularidade mesmo sem a aprovação de um órgão regulador.

Um cigarro eletrônico típico é feito de um tubo de metal com um espaço onde é armazenada nicotina líquida que vem em um cartucho recarregável. Os consumidores podem tragá-lo mas não acendê-lo.

Os usuários inalam um vapor de nicotina “e diversas outras substâncias tóxicas que desconhecemos”, segundo Douglas Bettcher, diretor da Iniciativa Anti-tabaco da WHO.

“A WHO não tem nenhuma prova da eficácia dos cigarros eletrônicos na suspensão do hábito de fumar”, disse Bettcher.

Fonte: Info

Clique aqui e receba as atualizações do In Blog por e-mail

rss_3

O In Blog envia até 3 e-mails com suas atualizações por semana, clique aqui, coloque seu e-mail e passe a receber nosso newsletter.

Veja mais:
Maconha pode ‘encolher o cérebro’, dizem cientistas
Depois do sucesso, Governo lança novas fotos para campanha antifumo
Cigarro. As contradições da droga que provoca mais vício e menos prazer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: