Como fazer uma campanha política na era digital

5 janeiro, 2016

Quando se fala sobre marketing político digital o primeiro exemplo que vem à mente, mesmo no Brasil, é a campanha presidencial do Obama em 2008. Passados 8 anos, nenhum político brasileiro foi capaz de se destacar em campanhas políticas de sucesso na internet. Mas este cenário está prestes a mudar, segundo Marcelo Vitorino, consultor de marketing digital e professor em cursos de marketing político digital em São Paulo e Brasília.

Para Vitorino, a reforma política em vigor desde o ano passado e que vai impactar as eleições 2016, vai mudar como fazer campanha eleitoral, que será cada vez mais focada no planejamento digital.

Mudança na campanha eleitoral 2016

Dentre todas as alterações trazidas pela reforma, podemos elencar as principais: redução do tempo de televisão, de 45 para 30 dias; proibição das doações empresariais; limite de gastos em campanhas e; uma das mais relevantes, mas pouco comentadas, a permissão aos candidatos de se apresentarem publicamente a qualquer tempo, o que antes só era possível após as convenções partidárias, próximas às eleições.

Estes elementos mudam totalmente o planejamento de campanha eleitoral. No modelo anterior de marketing político havia muito dinheiro disponível, o que muda em 2016. Metade de todo o investimento era destinado à televisão e o tempo de exposição do candidato era limitado ao período eleitoral, inferior a 120 dias.

“Com pouco dinheiro, as campanhas precisam se reinventar e, desde já, colocar o carro na rua, dada a liberação da exposição dos candidatos. O investimento, que antes se concentrava em dois meses, e que na eleição 2016 será muito menor, precisará ser alocado em, no mínimo, seis meses. Será muito difícil para os candidatos investir em militância paga, o que era uma prática muito comum nas campanhas brasileiras”, afirma Vitorino.

Em seu curso de marketing político digital, Vitorino apresenta dados de uma pesquisa realizada por sua empresa que mostram que “o eleitor conectado não quer discursos ensaiados, conversa fiada ou frases motivacionais. Ele quer saber o que o político pensa sobre a descriminalização da maconha, da legislação sobre o aborto, da definição de família e de qualquer outra pauta que altere a vida da sociedade”.

O que o eleitor conhecerá na eleição 2016 será uma campanha política diferente. A dúvida é: quais candidatos vão entender as novas oportunidades e se elegerem?


Depois de Alckmin se juntar a campanha, Kassabmania chega também a blogosfera

15 outubro, 2008
Marta, você quer um abraço?

Marta, você quer um abraço?

Quem é paulistano e teve a oportunidade de ver a última pérola de Marta “Favre/Belisário”, afinal, ela é casada e tem filhos, na qual fazia insinuações sobre a vida privada de seu oponente na disputa eleitoral, pôde finalmente se decidir.

Depois de analisar a vida pessoal de cada candidato, tomei a minha decisão: voto no Kassab, pelo seu caráter, dignidade e também pela coragem de enfrentar e combater o crime e o desrespeito para com os cidadãos desta cidade.

Quanto a sua oponente, depois de todas as perseguições que ela anda promovendo, tenho a impressão de que isso só pode ser fruto de carência, sendo assim, lanço a minha campanha: “Marta, você quer um abraço?”.

Outros blogueiros, como o Urso (do Pergunte ao Urso), o Ian Black, o Juliano Spyer,  e o Gravataí, também estão comigo nessa posição, veja todos clicando no link: http://www.votokassab.blogspot.com/

Ah, não esquecemos do Floriano Pesaro, vereador eleito nesta última eleição, estamos muito feliz com sua vitória, antes ele só devia satisfações ao prefeito, porém, agora são 30 mil eleitores que têm esse direito quando confiaram seu voto a ele. Ficou muito mais fácil fiscalizar suas ações, deve ser por isso que ele já está, segundo membros do PSDB, tentando voltar a ser secretário, contudo a agenda do prefeito anda cheia, parece que só poderá atender o então vereador próximo ao ano de 2012. Força Floriano, o In Blog publicará sim os 208 posts contando como será a sua semana. Das duas, uma, ou você será aclamado pela população por um excelente trabalho ou execrado por manter as portas do gabinete trancadas. Estamos com você!

Leia o resto deste post »


Gretchen e Rita Cadillac são rejeitadas nas urnas e recebem menos de 600 votos

8 outubro, 2008

Os candidatos que são famosos fora do mundo político tiveram caminhos opostos nas urnas do país nas eleições de domingo (5).

Entre aqueles que disputavam um cargo para prefeito ou vice-prefeito, o cantor Frank Aguiar (PTB) chegou no segundo turno em São Bernardo do Campo como vice na chapa de Luiz Marinho, mas Gretchen, por sua vez, ficou em terceiro na disputa para prefeita na cidade de Itamaracá, em Pernambuco.  A cantora, filiada ao PPS, obteve 343 votos, o que representa 2,85% do total. O eleito, Rubinho (PT), levou 52,10% (6.266 votos). Gretchen ao menos ficou à frente de Lapenda (PTC), que teve 136 votos. Sérgio Mallandro (PTB) também não se elegeu em São Paulo – obteve 22.066 votos. Leia o resto deste post »


Como escolher seu vereador? O que ele faz? O In Blog dá dicas para você não errar na escolha.

1 outubro, 2008

Caros leitores do In Blog, sei que muitos odeiam o horário político e mesmo os que gostam não conseguem obter informações suficientes para poder escolher qual vereador votar, sendo assim, resolvi elencar dicas para facilitar o processo e indicar alguns vereadores que pesquisei. Devemos lembrar que os 55 vereadores eleitos permanecerão por 4 anos.

Vereadores

PSDB – Gilberto Natalini – 45.695

Gilberto Natalini - PSDB - 45.695

Gilberto Natalini - PSDB - 45.695

Gilberto Natalini, 56 anos, é médico cirurgião geral (formado pela USP) e vereador pelo PSDB na Câmara Municipal de São Paulo. Hoje, ainda atende gratuitamente no Ambulatório Médico do Centro Social Bom Jesus do Cangaíba, trabalho iniciado em 1976.

Por que votar nele?

Não quis gravar programa com Alckmin mesmo sendo do PSDB, criou o termo “Martaxa”, defende projetos na área da saúde e do meio ambiente. Destaque para a lei de reuso da água que obriga a prefeitura não usar água potável para limpeza de praças, monumentos e outros.

Site na internet: http://www.gilbertonatalini45695.can.br
Link com vídeo no Estadão
Link com questões na Folha

Leia o resto deste post »


Cuidado! O sistema eleitoral brasileiro permite fraude!

30 setembro, 2008

Já trabalhei como mesário em cinco ocasiões. Nos dois turnos da eleição municipal de 2004, no referendo das armas de 2005 e nos dois turnos da eleição presidencial de 2006. Passei por pela hierarquia dos trabalhadores da “festa da democracia”, comecei como suplente, passei a vice-presidente e nas últimas eleições assumi a presidência da mesa. Leia o resto deste post »


Enéas Filho “some” do horário eleitoral na TV

25 setembro, 2008

Proibido pela Justiça Eleitoral de usar a imagem do deputado federal morto Enéas Carneiro, Luciano Enéas Martines Nantes Soares, que se apresenta no horário eleitoral como Enéas Filho, sumiu da TV. Leia o resto deste post »


Ex-chefe da casa civil de FHC diz que Alckmin é candidato para satisfazer ambição pessoal

23 setembro, 2008

Clóvis Carvalho, ministro-chefe da Casa Civil do governo FHC concedeu uma entrevista à Renata Lo Prete, sobre a disputa entre Gilberto Kassab e Geraldo Alckmin pela prefeitura de São Paulo.

O PSDB tem um candidato a prefeito e, ao mesmo tempo, comanda a prefeitura em aliança com um candidato de outro partido. A situação é de guerra campal. Havia como evitá-la?
CLÓVIS CARVALHO – O PSDB tem a obrigação moral de defender esta administração, que é sua. Secretaria de Governo, Planejamento, Saúde, Educação, Participação, Segurança, Esporte, Assistência Social… todas nas mãos de tucanos que estão fazendo um governo essencialmente tucano.
De repente, chega alguém do partido, que foi governador em aliança com o DEM, candidato a presidente com vice do DEM, que participou da negociação para constituir a chapa Serra-Kassab, que defendeu o Kassab.
De repente, esse alguém diz “eu quero ser candidato porque… eu quero ser candidato”. Só posso entender como uma postura personalista do Geraldo.
Leia o resto deste post »